Olá, queridos leitores!

Muitos de vocês sabem que sou viciada e apaixonada por séries. Também sou eclética então vejo estórias dos mais diversos gêneros. Por este motivo, tenho uma vasta lista de séries e muitas já me sequestraram *-* Na postagem de hoje irei "falar" sobre uma série que ganhou meu coração de primeira: Jessica Jones <3

Como muitos já sabem, sou uma grande fã de super heróis, e respectivamente de seus vilões, tanto da Marvel quanto da DC Comics *-* Então quando decidem fazer um filme ou série desses personagens, eu me explodo de felicidade! Ainda mais quando é bem feita ;-)
Um exemplo disso é a nova série original da Netflix (amorzão), Jessica Jones. Como sou assinante da Netflix logo que vi a propaganda da série, corri para assistir ao trailer. Admito que adorei e fiquei muito curiosa. Não via a hora da estreia no dia 20 de Novembro.

Confiram o trailer oficial legendado:
Desde que sua curta vida como super-heroína acabou de forma trágica, Jessica Jones (Krysten Ritter) vem reconstruindo sua carreira e passou a levar a vida como detetive particular no bairro de Hell’s Kitchen, em Nova York, na sua própria agência de investigações, a Alias Investigations. Traumatizada por eventos anteriores de sua vida, ela sofre de Transtorno de Estresse Pós-Traumático, e tenta fazer com que seus super-poderes passem despercebidos pelos seus clientes. Mas, mesmo tentando fugir do passado, seus demônios particulares vão voltar a perseguí-la, na figura de Zebediah Kilgrave (David Tennant), um obsessivo vilão que fará de tudo para chamar a atenção de Jessica.
Jessica Jones não é uma série sobre super-heróis. Não daquele jeito que estamos acostumados a ver. A protagonista tem um passado frustrado lutando contra o crime, mas logo no início desta primeira temporada já a encontramos enfrentando a dura vida de uma detetive particular na cidade de Nova York. Onde seus maiores trabalhos são investigar sobre maridos que traem suas mulheres. Além disso, deve aprender a conviver com os traumas do seu passado.

A série é fantástica e conquista logo no primeiro episódio. Os mistérios que rondam a trama faz com que o expectador queira mais e mais, nos instigando. Ao contrário de algumas séries que possuem super heróis que são mais joviais, Jessica Jones é mais adulto.
A trama ocorre em um ritmo incrível onde tudo é feito no momento certo, deixando a série ainda melhor. Os efeitos, as atuações e tudo o mais envolvidos foram criados com muita precisão e  detalhes.
Os personagens possuem uma construção fantástica e a atuação dos atores contribuio para completar o pacote maravilhoso. Krysten Ritter fez um trabalho incrível como Jessica, além dos outros atores, como David Tennant, Mike Colter, Rachel Taylor, Erin Moriarty, Eka Darville e Carrie-Anne Moss <3 Arrasaram!
Todas as personagens femininas da série são fortes e complexas sem parecerem forçadas. Elas não se lamentam por causa de homens ou são donzelas em busca de proteção. Até mesmo a personagem mais indefesa, Hope, se recusa a viver como “deve ser” e resolve seus problemas. Seria fácil dizer que a série se encaixa como feminista, mas é muito mais que isso.

Jessica possui o jeito mais largado e mostra que nem sempre precisamos ser toda feminina e menininha. Gostei muito da Jess :D Trish, irmã adotiva de Jess, foi uma das personagens que mais gostei. Ela não possui poder algum, mas sabe se defender muito bem.


Kilgrave, o Homem Púrpura, é um vilão muito bem construído. Toda a história dele até chegar onde está é recheada de enigmas e detalhes minuciosos. Ele é tão importante e poderoso, que até nas cenas em que não aparece, podemos sentir sua presença.
O Homem Púrpura pode controlar mentes e obrigar qualquer um a fazer o que ele quiser. Kilgrave não tem piedade e é bastante cruel em seus comandos. Ele possui um ar autossuficiente e cheio de poder em seu terno roxo. É notável sua obsessão por Jessica. Foi um vilão que gostei bastante :D
Luke Cage foi outro personagem que gostei a primeira vista. Sua inteligencia, força e sede de justiça são incríveis!

Um detalhe que eu não poderia deixar de citar, é a abertura da série. É muito bem feita! Possui detalhes que mostram mais sobre do que a história se trata, com seus tons em roxo e a atmosfera pesada e misteriosa, além de lembrar histórias em quadrinhos. A música me ganhou no primeiro episódio <3 Confiram:
Marvel’s Jessica Jones é uma adaptação da primeira HQ, mas claro, possui algumas diferenças. O nome e parte da história do vilão são alterados; Jessica não é adotada pela mãe de Trish e sim por uma família “normal”; Jones sabe voar, possui muita promiscuidade e estudou na mesma escola que o Homem-Aranha; Malcom era um fã que insistiu tanto que se tornou seu assistente, além de outras diferenças. Porém, isso não faz da série ruim, ao contrário, ficou excelente!
Para saber mais sobre a personagem Jessica Jones dos quadrinhos, esse vídeo abaixo explica tudo sobre a heroína que possui cabelos roxos ;-)
Super recomendo a série! Os episódios são longos, mas a trama é tão envolvente que passa rapidinho.

Até a próxima!

Deixe um comentário