Título Original: Ruin and Rising
Autora: Leigh Bardugo
Páginas: 344
Ano: 2015
Editora: Gutenberg
Gênero: Fantasia
AdicioneSkoob
Sinopse:
A capital caiu.
O Darkling comanda Ravka em seu trono das sombras. Agora o destino da nação depende de uma Conjuradora do Sol arruinada, de um rastreador desonrado e dos cacos do que antes fora um grande exército mágico.
No fundo de uma antiga rede de túneis e cavernas, uma fraca Alina deve se submeter à duvidosa proteção do Apparat e daqueles que a veneram como uma Santa. Porém, sua mente está na busca pelo misterioso pássaro de fogo e na esperança de que um príncipe foragido ainda esteja vivo.
Alina deverá formar novas alianças e deixar de lado velhas rivalidades, enquanto ela e Maly buscam pelo último dos amplificadores de Morozova. Mas assim que começa a elucidar os segredos do Darkling, ela descobre um passado que mudará para sempre seu entendimento sobre a ligação que os une e o poder que ela carrega. O pássaro de fogo é a única coisa que está entre Ravka e a destruição — e reivindicá-lo pode custar a Alina o futuro pelo qual ela tem lutado.

Trilogia Grisha


1. Sombra e Ossos (leia a resenha)
2. Sol e Tormenta (leia a resenha)
3. Ruína e Ascensão


Ruína e Ascensão é o terceiro e último livro da Trilogia Grisha, escrita pela autora Leigh Bardugo (minha queridinha❤), lançado pela Editora Gutenberg nesse ano de 2015. Para quem não leu as resenhas dos volumes anteriores, poderá fazer aqui: Sombra e Ossos e Sol e Tormenta.

Como vocês devem saber, sou muito fã dessa trilogia e da autora, então estava aflita quando finalmente tive em minhas mãos o último livro. Sabia que ia doer muito ler o desfecho, por ser uma estória tão incrível e por amar tanto os personagens que logo se tornaram meus amigos.
Fiz a leitura desse livro há alguns meses e vários detalhes ainda estão frescos em minha memória. Ruína e Ascensão veio para fechar com chave de ouro essa maravilhosa trilogia e posso dizer que estou feliz, mas também queria mais.

O final de Sol e Tormenta foi chocante e deixa qualquer leitor de queixo caído, arrancando os cabelos. Ruína e Ascensão começa um pouco depois do final do segundo, onde podemos ver uma Alina fraca e sem poderes depois da batalha intensa contra o Darkling. A garota está praticamente enterrada no subsolo, com um Apparat pouco confiável e adoradores que a veneram como uma Santa. A capital está ruindo e Darkling tem planos de estender ainda mais a dobra, então a Conjuradora do Sol precisa encontrar o terceiro amplificador, o Pássaro de Fogo. Somente assim, estaria à altura do poderoso novo rei de Ravka e finalmente poderia derrotá-lo. Porém, Alina está a cada dia sendo tentada pelo poder, ela deseja mais poder e isso a preocupa. As sombras que agora pode controlar, também é uma preocupação. Muito poder significa medo de se tornar alguém que não é.
A superproteção do Apparat impede Alina de seguir com seu plano e até as visitas dos seus amigos são proibidas pelo velho estranho. Além da preocupação sobre se os seus poderes iriam voltar algum dia, Alina também não sabe o paradeiro de Nikolai. Assim, Starkov e seus amigos bolam um plano para fugir daquele local subterrâneo e seguir com seus objetivos.

No decorrer da história podemos ver a evolução dos personagens e notar o quanto a situação de Ravka está tensa. Fiquei sem fôlego em diversos momentos. Alguns fatos são relevados e o leitor leva um tapa na cara, um nocaute na verdade. Essas revelações mudam todo o percurso da história e fiquei tipo OH MEU DEUS E AGORA? ACABOU-SE TUDO! F#%*# TUDO! Sério, quis jogar o livro na parede, porque a descoberta de algo foi surpreendente! Estava lá o tempo todo na cara do leitor! Foi genial essa jogada da autora. As reviravoltas são intensas e fiquei com o coração na mão diversas vezes.
O final do livro foi devastador. Eu não esperava por tudo aquilo e fiquei chocada. Chorei muito e até agora a ficha não caiu. Há mortes, muitas mortes, e eu continuava gritando JÁ ESTOU NO CHÃO SANGRANDO PARE AGORA PLEASE haha Sério, ainda não superei!
Os personagens extremamente bem construídos confirmaram que estarão no meu coração para sempre. Alina me surpreendeu ainda mais. O crescimento dela na trilogia foi bem perceptível e maravilhoso. Ela amadureceu muito e diversas decisões importantes caíram em seu colo várias vezes. Seus comentários inteligentes e a arrogância me fizeram amá-la ainda mais. Ela se tornou muito forte, foi tentada de várias formas possíveis para cair nas trevas, mas continuou corajosa e forte. O Darkling continua sendo meu amor eterno ever! Ele é um dos melhores vilões que já vi/li na vida. Com sua inteligência e sede de poder, onde nunca desistia dos seus objetivos. Eu ficaria em seus pés facilmente (fangirl attack hahaNicolai é outro que amo demais. Com seus comentários sarcásticos e ironias que deixam a trama ainda melhor. Tudo com o jovem príncipe fica mais divertido. Ele mostrou ser muito forte e capaz de vencer até as trevas, coisa que parecia ser impossível. Maly também cresceu muito nessa trajetória e teve que tomar decisões difíceis. Não há dúvidas de seu amor por Alina e nos sacrifícios que faria por ela sem pestanejar❤Não podemos esquecer os secundários como GenyaTamarTolyaNadiaDavidZoyaBhagraHarshaw… entre outros, que fizeram toda a diferença. Adorei cada um deles com personalidades fortes e distintas.

Ainda existe o triangulo ou quadrado amoroso na trama, mas de forma alguma fica chato ou cheio de mimimi. Leigh soube explorar isso muito bem e nos deixa na dúvida com quem a Alina irá ficar. O que é algo bem legal e nada cansativo.
O mundo criado por Bardugo é magnífico. Rico em detalhes e sem nenhuma falha no sistema. Somos introduzidos nessa fantasia mitológica e cheia de detalhes que de certa forma faz tudo ser real. Eu gostaria de ter poderes e ser uma Grisha. Poder ajudar os outros e fazer parte de um grande exército. Poder viajar por diversos países além de Ravka e conhecer novas culturas. Bardugo conseguiu criar uma fantasia fantástica, muito bem escrita e única. Ainda continuo venerando a autora e sua escrita maravilhosa. Tudo na trilogia esbanja inteligência, jogo de palavras, astucia, ação, aventura, momentos de tirar o fôlego, reviravoltas… Tudo em um pacote espetacular.
Entretanto, a trama não é somente sobre isso. Há também sobre o amor e a fé. Onde nos doamos para o próximo sem medo das consequências. Tudo isso por amor e por acreditar.

Os personagens se tornaram reais e meus amigos para toda a vida. Sofri pelas mortes de alguns e sofrimentos de outros. Mas tudo valeu a pena por aquele final épico. Sim, tiveram pouquíssimas coisas que faltaram para ser 100% perfeito, mas aplaudo de pé! Acho que eu só estou desejando saber mais do que deveria haha Espero ler mais histórias envolvendo o mundo Grisha❤ Leigh te amo sua diva❤
Trilogia Grisha se tornou uma das minhas favoritas e com certeza merece que o mundo leia. Recomendo! Encham-se de cultura, magia e aventura no mundo Grisha❤ Vocês irão se deleitar.
Frases
“Um homem tão obcecado com o fogo santo devia prestar mais atenção na fumaça.”
“Não existe poder maior do que a fé, e não existirá exército maior do que aquele que for conduzido por ela.”
“O preço é muito alto.” “A guerra é o preço da mudança.”
“Acontece que o jeito mais fácil de agendar uma reunião é ser capturado.”
“Existem dois tronos naquele palácio. Você poderia me ver sempre que quisesse.”
“O problema em querer algo é que isso nos torna fracos.”
“Você é mais forte, mais sábio, com uma experiência infinita.” Eu me inclinei para frente e sussurrei, e meus lábios roçaram o lóbulo de sua orelha. “Mas eu sou uma pupila talentosa.”
“A beleza era sua armadura. Um material frágil, tudo exibição. Mas o que havia dentro de você? Havia aço. Ele é bravo e inquebrável. E não precisa de concerto.”
“Não estou arruinada. Eu sou a ruína.”
“É mais difícil quando se gosta. Você lamenta mais as suas mortes.”
“Você vive em um único momento. Eu vivo em milhares.”
“Talvez o amor fosse uma superstição, uma oração que dizemos para afastar a verdade sobre a solidão.”

Deixe um comentário