Título Original: Walking Disaster

Autora: Jamie McGuire

Páginas: 405

Ano: 2013

Editora: Verus

Gênero: New Adult

Adicione: Skoob 







Sinopse:


Travis perdeu a mãe muito cedo, mas, antes de morrer, ela lhe ensinou duas regras de vida - ame muito, lute mais ainda. Tendo crescido em uma família de homens que gostam de jogos e lutas, Travis Maddox é um cara durão. Musculoso e tatuado, bad boy até o último fio de cabelo, ele leva uma mulher diferente para casa a cada noite. Até conhecer Abby Abernathy. Determinada a se manter longe de problemas, Abby resiste com todas as forças ao charme de Travis, sem saber que assim só o deixa mais determinado a conquistá-la. Será que o invencível Travis 'Cachorro Louco' Maddox vai ser derrotado por uma garota?


Série Beautiful



1. Belo Desastre (leia a resenha)
2. Desastre Iminente
3. Belo Casamento

Desastre Iminente foi a confirmação para mim de que Jamie McGuire possui talento e maestria para a escrita. Ela conseguiu se superar e construir uma estória ainda melhor que a primeira. Apesar de ser a mesma trama, algumas coisas são diferentes, o que faz parecer que seja uma história diferente, mas não é. Deixe-me explicar melhor.

Desastre Iminente não é a continuação de Belo Desastre. Este livro contará a versão do primeiro pelos olhos de Travis Maddox. Por favor, não comecem a pensar que todo o livro é a mesma coisa de Belo Desastre, porque não é. Afinal, houve diversos momentos em que o casal estava separado. Assim, dessa vez, veremos onde Travis estava e o que fazia sem estar com sua preciosa Beija-Flor. Além de conhecermos mais os pensamentos e desejos do Bad Boy mais desejado.


Travis Maddox perdeu a mãe quando ainda era criança, fato muito triste que nos faz sofrer junto. Ele cresceu com seus quatro irmãos mais velhos aos cuidados do pai viúvo. Tudo isso definiu sua personalidade. Ele é um lutador, bruto, possui o coração fechado e não se apega, mas curte sua vida numa boa, regada de bebidas, lutas e mulheres. Quem diria que ficar longe de confusão seria tão difícil para este caçula?

Travis guardou preciosas lições que sua mãe lhe deu e sabe que um dia aparecerá a mulher certa em sua vida, por quem ele irá lutar, mas enquanto isso não acontece, ele se diverte com qualquer garota que deseja, afinal ele é o cara mais desejado de toda a universidade. Até que surge Abby Abernathy que irá tirar sua vida dos trilhos.



Abby Abernathy é linda, meiga, inteligente e bem misteriosa que se recusava a ser mais uma na lista de Travis. Por este motivo, o bad boy ficou ainda mais interessado nela. O “cachorro-louco” viu na moça um desafio, o qual faria o impossível para ganhar. Afinal de contas, ele é um Maddox.

Tudo começou com uma amizade, daquelas que a primeira vista só foi pela intensa atração. Depois, Travis e Abby foram se conhecendo melhor e se conquistando aos poucos, assim, logo os dois se apaixonaram. Contudo, o relacionamento era intenso demais, cheio de ciúmes, medos e inseguranças. Porém o amor era maior e vencia qualquer obstáculo. A relação entre Beija-Flor e Cachorro Louco era uma constante montanha-russa devido a esses fatores e ao fato de Abby esconder alguns segredos. Apesar de tudo isso, o casal vence suas lutas e não desiste de suas vidas juntas. Afinal, quando um Maddox ama, é para sempre. Além dos dois valerem a pena.

Em Desastre Iminente podemos ver que Travis é mais objetivo e vai direto ao ponto. É claro que não é somente isto que atrai e prende a atenção do leitor. O rapaz vibra muito mais do que Abby ao narrar seus sentimentos. Travis se entrega às suas emoções e, com isso faz com que entendamos o motivo de tanta rebeldia. O defenderei até o fim!



É como se Travis e Abby fossem como água e óleo. Ora não se misturam. Tem suas diferenças, mas ambos necessitam do outro para viver. Ela, uma mulher frágil e meiga por fora, mas forte, audaciosa, esperta e destemida por dentro. Ele, forte e imbatível por fora, porém sensível e carente por dentro. É essa química que faz com que o casal seja tão intenso.

Travis é um cara explosivo e vulnerável ao mesmo tempo. São suas inseguranças e medos que o fazem perder o controle de suas emoções e explodir. Isso faz com que suas feridas sejam expostas da pior forma. Em diversos momentos em seus ataques de fúria tive vontade de abraçá-lo para que toda a sua dor fosse embora. Pois ele não merece tamanho sofrimento.

A descrição de Travis perante os acontecimentos é fantástica. Ele coloca tudo de si em qualquer coisa que faça. Sentimos junto com ele uma explosão de emoções. O bonitão composto de tatuagens faz o leitor se emocionar por nos fazer conhecer esse seu outro lado não visto totalmente no primeiro livro. Até chorei em alguns momentos, juro! Não que Belo Desastre não tenha sido emocionante, só que Abby é mais contida quando o assunto é expor seus sentimentos.




É evidente que tudo é potencializado quando se trata de Travis e por esse motivo a mesma história que já fora narrada em Belo Desastre passa a ser muito mais intensa. Relembramos como o casal se conhecera e o rumo que este relacionamento tomou acompanhando cada briga, cada explosão envolvendo o casal.

Além de todos esses fragmentos que fazem a estória ser ainda melhor, podemos conhecer o relacionamento familiar de Travis e isto é um dos pontos altos da narrativa. Mas o ponto principal, que faz o livro valer mais do que a pena, é que conseguimos acompanhar a história além do que foi mostrado no primeiro livro. Somos apresentados a outros momentos depois da última cena narrada em Belo Desastre, e ainda conhecemos uma parte do futuro do Sr. e da Sra. Maddox, e ficamos encantados com a vida desse casal tão apaixonado, que nos encanta facilmente! Devorei Desastre Iminente assim como fiz com o primeiro. E sim, após o lançamento em 2013, já reli três vezes! Muito amor <3

Mas e aí? Qual o motivo para eu amar tanto a estória desse casal? Este foi o primeiro contato que tive com uma trama New Adult e foi arrebatador. Agora existem diversos livros que possuem a mesma linha “bad boy se apaixonada por mocinha”. Porém, Travis e Abby são diferentes. Os leitores precisam ver além do que foi lido.



Travis não é um simples bad boy bonitão que é explosivo. Ele é sensível, não desiste, é romântico e guardou seu coração para a garota certa. Não foi logo o entregando para qualquer garota que aparecesse. Além disso, há toda a dificuldade passada por sua família. Os Maddox venceram muitos obstáculos. Apesar do “status” de durões, eles formam uma família bastante unida. Se você precisar de ajuda pode ter certeza que eles farão o impossível para solucionar o problema.

Abby não é uma mera garota meiguinha e frágil que se faz de durona. Ela possui uma família horrível com uma mãe alcoólatra que não se importa com ela e um pai apostador viciado que só mexe com gente errada. E aí que você se pergunta: “Como essa garota não se tornou uma vagabunda encrenqueira?” Pois é pessoal, isso mostra o quanto ela tem caráter e é dona do próprio nariz desde que tinha 13 anos. Abby aprendeu os melhores truques e foi esperta para se relacionar com pessoas boas, como America e a família de sua melhor amiga que sempre a ajudaram. Abby esconde esses segredos e seus truques de pôquer para que ninguém a fique julgando e se metendo em sua vida. Quem iria querer voltar a esse passado? Sim, ela foi muito dura com o Travis em vários momentos, alguns sem razão, mas em outros dá perfeitamente de o leitor se colocar em seu lugar.

Em suma, Jamie McGuire é uma autora fantástica que consegue escrever ótimas estórias e construir personagens excelentes e profundos. As cenas são muito bem descritas e as frases, momentos, românticos são de tirar o fôlego! Não dá para desgrudar. Minhas expectativas foram mais que superadas.

Com Desastre Iminente conseguimos aprender muito e dar valor a várias coisas que temos. Não há maneira mais completa de se conhecer um personagem tão profundamente como ler sua versão da estória e Jamie fez isso de maneira perfeita. Sua escrita e o jogo de palavras são excepcionais. A cada frase fico cada vez mais encantada. É muito amor, pessoal <3 Recomendadíssimo!



Frases

“Quando ela olhava para mim, ela realmente me via. Não olhava além de mim, pensando nas dezenas de afazeres que preencheriam seu dia, nem ficava indiferente às minhas histórias idiotas. Ela me ouvia, e isso a fazia feliz de verdade. Todas as outras pessoas pareciam assentir sem ouvir, mas não ela. Ela, nunca.”

“Em primeiro lugar, não tem problema ficar triste. Não tem problema ter sentimentos.”

“Um dia você vai se apaixonar, meu filho. Não se acomode com qualquer uma. Escolha a garota que não vem fácil, aquela pela qual você vai ter que lutar, e então nunca deixe lutar por ela. Nunca deixe de lutar por aquilo que deseja.”

“Eu nunca sabia quando ela ia ficar ofendida e ter um ataque ou quando ia ser racional e ficar de boa. Deus do céu, aquilo era demais.”

“Eu não sabia estava fazendo nem o motivo, mas estar sentado de frente para ela àquela mesa me trazia uma estranha calma. Até mesmo em meio a uma onda de fúria.”

“Eu nunca tinha me apaixonado, mas não conseguia imaginar que isso pudesse me mudar tanto assim.”

“Mas Abby fazia com que eu me sentisse distraído e focado ao mesmo tempo. Agitado e relaxado. Irritado e quase malditamente zonzo. Nunca tinha me sentido tão em desacordo comigo mesmo.”

“Lá no fundo eu sabia que eu era um merda e que ela merecia coisa melhor. Parte de mim queria carregá-la para o quarto e mostrar por que ela era diferente, mas havia uma coisa que me impedia. Ela era meu oposto: inocente na superfície e ferida por dentro. Havia algo nela de que eu precisava na minha vida, e, embora eu não tivesse certeza do que era, não podia ceder aos meus maus hábitos e estragar tudo.”

“Abby era como uma droga que nunca me satisfazia e que eu não queria largar, Mesmo eu não podendo chamar isso de nada além de vício, eu não me atrevia a experimentar nem uma lasquinha. Só a mantinha por perto, me sentindo melhor apenas por saber que ela estava ali, Não havia esperança para mim.”

“O fato de ela estar no meu quarto fazia com que eu me sentisse em casa, e o vazio não parecia certo.”

“Surpreendê-la não era fácil, mas, quando funcionava, eu sentia que estava um passo mais de… De quê? Eu não tinha certeza. Simplesmente parecia certo.”

“De que outra maneira eu poderia fazer com que ela entendesse isso? Como fazê-la perceber que eu a tratava de maneira diferente de todas as outras pessoas?”

“Eu nunca havia implorado por nada na vida, porém silenciosamente implorei que ela dissesse que me queria. Que se importava comigo. Algo de gênero.”

“Eu não era idiota o bastante para ter esperanças nem forte o suficiente para me impedir de sentir o que sentia. O que era totalmente revelador. Eu não era tão durão, afinal.”



“Eu tenho sentimentos por ela. Eu me importo com ela. Muito. Não consigo suportar quando ela não está por perto.”

“Acho que estou me apaixonando por você neste exato momento.”

“Em algum momento entre conhecê-la e abraçá-la ali, no chão do banheiro, eu havia me apaixonado.”

“- Eu já disse uma vez. Você precisa se afastar, Flor. Deus sabe que eu não consigo me afastar de você.”

“- Muitas vezes fico te observando enquanto você está dormindo. Você sempre parece tão em paz. Eu não tenho esse tipo de calma. Tenho essa raiva e essa fúria fervendo dentro de mim… menos quando te observo dormindo.”

“- Eu não quero que você fique triste.
– Então não vá embora.”

“Pode chorar se for preciso. Pode gritar. Arranque isso de você, depois vamos nos divertir.”

“Eu sentia falta dela. Meu Deus, como eu sentia falta dela. Tudo que tínhamos vivido juntos repassava na minha mente sem parar.”

“Ela não podia me ouvir, mas isso não me impedia de desejar que ela voltasse e me salvasse da terrível dor que eu sentia sem ela ali.”

“Nós dois tínhamos jeito patético de lidar com nossas emoções, e, no segundo em que percebi que havia me apaixonado por ela, eu soube que ela ia acabar comigo.”

“Eu sei que a gente tem problemas, tá? Sou impulsivo, esquentado e você me faz perder a cabeça como ninguém. Num minuto você age como se me odiasse, e no seguinte como se precisasse de mim. Eu nunca faço nada direito, eu não te mereço… mas, porra, Abby, eu te amo. Eu te amo mais do que jamais amei alguém ou alguma coisa em toda a minha vida. Quando você está por perto, não preciso de bebida, nem de dinheiro, nem de luta, nem de transas sem compromisso… eu só preciso de você. Eu só penso em você. Eu só sonho com você. Eu só quero você.”

“Talvez fosse só comigo. Talvez fosse só com nós dois. Talvez juntos nós fôssemos uma entidade volátil que ou implodiria ou se fundiria. De uma forma ou de outra, parecia que, no momento em que a conheci, minha vida tinha virado de ponta-cabeça. E eu não queria que fosse de nenhum outro jeito.”

“Acho que acabei de me apaixonar por você de novo.”

“Sabe por que eu te quero? Eu não sabia que estava perdido até que você me encontrou. Não sabia que estava sozinho até a primeira noite em que passei na minha cama sem você. Você é a única coisa certa na minha vida. Você é o que sempre esperei, Beija-Flor.”

“Quando penso no meu futuro, vejo você nele.”

“Eu ainda podia ser alguém com quem ela pudesse contar, alguém que a protegeria dos fantasmas do passado.”

“- Acabou. Vai pra casa.
– Você é a minha casa.”

“Eu nunca vou amar alguém como amo você, Beija-Flor.”

“Agora que acabou, eu gostaria de ter todas as coisas ruins de volta… só para ter as boas também.”

“Eu não sabia se a gente ia conseguir sair dali vivos ou não. Eu só queria estar onde você estivesse, não importa o que isso significasse. A única coisa que eu tenho medo é de viver sem você, Beija-Flor.”

“Eu faria tudo de novo, sabia? Não mudaria um segundo da nossa história se significasse que estaríamos aqui, agora, neste momento.”

“Eu sabia, no segundo em que te conheci, que havia algo em você que eu precisava. Acabou que não era algo em você. Era simplesmente você.”

“Pela primeira vez, não fiquei preocupado com qual seria o próximo passo dela, porque eu sabia, no meu íntimo, que, qualquer caminho que ela escolhesse, nós o trilharíamos juntos.”

“Embora nós dois tivéssemos feito o outro passar pelo inferno, tínhamos encontrado o céu. Talvez isso fosse mais do que um casal de pecadores merecesse, mas eu é que não iria reclamar.”


22 Comentários

  1. Que legal! Parece ser aqueles livros medievais com romance misturado, adoro!! Conheci seu blog agora e adorei, já estou seguindo dá uma olhada lá no meu também :)

    mecsss.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Maria!
      É um ótimo livro :) Recomendo já que gosta do gênero! Obrigada <3 Irei visitar seu blog :)
      Beijos

      Excluir
  2. Oi, Nathy!
    Já li coisas e coisas sobre essa série. Uma parte diz que é ótima, outra diz ser péssima. Fico dividido e ler essa sua empolgação me dá certeza de que para você o lado positivo é maior do que tudo. Mas não sei... essa acho que passo.

    Bjão.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Dih!
      Sim, há muitas opiniões contrárias e gera polêmica haha Mas amo e super recomendo para quem gosta do gênero. Acho que não combina muito contigo mesmo hihi
      Beijos, querido!

      Excluir
  3. Oi, tudo bem?

    Eu não tinha a menor vontade de ler essa série, mas depois de ler muitas resenhas eu acabei começando a me interessar pelos personagens e quando tiver um tempo vou ler.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Ana!
      Fico feliz que tenha gostado :D Espero que leia logo e que goste!
      Beijos

      Excluir
  4. Sou APAIXONADA por todos os irmãos Maddox, a cada livro lançado acho que Jamie não tem como se superar e lá vai ela e faz meu coração se derreter de amores novamente.
    Uma pena que a série já esteja chegando ao final (já li os primeiros 6 livros) vai deixar saudades!
    Beijinhos,
    Alice
    www.wonderbooksdaalice.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Alice!
      Me abrace <3 Eu também sou apaixonada pelos Maddox! Sim, a Jamie sempre se supera <e Essa mulher é rainha demais! Só falto ler último lançado hihi
      Beijos, flor

      Excluir
  5. Olá, Nath!
    Até hoje não sei o motivo de não ter dado chance para essa série. Vejo que você e metade (ou mais da metade) do mundo amam esses livros. Talvez algum dia eu os leia, mas não agora. Não estou bem na "fase" de ler NA "picante", se você me entende. Na verdade, não estou conseguindo entender essa "fase" que estou aqui kkk.
    Beijos!
    apenasumaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Mari!
      Sim, as opiniões quanto a esse livro são difíceis haha Uns gostam, outras odeiam haha Mas eu recomendo muito para quem gosta de NA! Espero que sai dessa fase logo hahahaha
      Beijos

      Excluir
  6. Oi,

    Amei esses livro, de todo o coração ♥♥

    Abraços...

    blogmichaelvasconcelos.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Michael!
      Ele é maravilhoso mesmo *-*
      Beijos

      Excluir
  7. Olá Nath, tudo bem?

    Primeiramente quero te agradecer pela adorável visita que você fez no meu cantinho, fico feliz em saber que gostou do blog, o meu sentimento e reciproco! Adorei a sua foto a delicadeza de cada uma ficaram ótimas, na maioria das vezes eu sempre compro livro pela capa, e foi exatamente o que aconteceu com belo desastre, de incio eu estava adorando li muito rapidamente, mas decorrer da leitura, passei a odiar muito esse livro, tanto que Travis e um personagem que não suporto, mas não vou expor os motivos, afinal pelo que li você adora essa trilogia e fico muito feliz de saber que te encantou e que foi uma boa leitura para você, passei ate um certo receio com a autora, mas tenho curiosidade de ler a nova serie dela.

    Beijinhos

    http://resenhaatual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, flor!
      Imagina :) Eu que agradeço! Ahh obrigada *-* As capas são lindas mesmo! Poxa, uma pena não ter gostado :/ Respeito sua opinião. Espero que goste dos novos livros da autora.
      Beijos

      Excluir
  8. Menina, quantos quotes e post-its marcados no livro!!
    Sua empolgação é contagiante, mas confesso que não tenho muito interesse em ler esse livro. "Belo Desastre" não me agradou em nada e grande parte disso se deve ao Travis. Então fico pensando se vale a pena ler um livro sob seu olhar.. talvez em mude meu julgamento sobre ele, não sei.
    Bem, adorei sua resenha detalhada e empolgante. Vou deixar "Desastre Iminente" na lista para, quem sabe, ler no futuro ;)
    Beijos!

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Báh!
      Pois é haha Amei tanto que sai marcando tudo haha Uma pena não ter gostado :/ Espero que um dia consiga ler e gostar ;-) Obrigada, amiga!
      Beijos

      Excluir
  9. Amei os quotes. <3
    E, cara, desastre iminente é eu nunca ter lido nenhum desses livros da Jamie.
    Mas vou ler, parabéns pela resenha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Pedro!
      Esse livro é maravilhoso <3 Espero que leia e goste! Obrigada *u*
      Beijos

      Excluir
  10. Travis, cunhado, você realmente me deixou de cabelos em pé nesse livro, mas ta perdoado não quero chatear meu noivo e futuro marido (Trenton) como coisinhas.
    Beijos, Bru - www.naoemprestolivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bru!
      Melhor comentário hhahahahahah Fiquei com o coração na mão com esse livro também! Ahhh os Maddox são vida <3
      Beijos

      Excluir
  11. Essas quotes <3! Sou louca pra ler a versão do Travis. Esses Maddox <333
    Adorei sua resenha! E adorei saber que eu não sou a única louca que colocar zilhões de post it kkkkk
    Bjs - http://umleitornooceano.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lê!
      Essas frases acabam comigo <3 Leia sim, é ainda melhor! Obrigada *-* Me abraça hahahahaha
      Beijos

      Excluir