Olá, queridos leitores!

Muitos de vocês sabem que sou viciada e apaixonada por séries. Também sou eclética então vejo estórias dos mais diversos gêneros. Por este motivo, tenho uma vasta lista de séries e muitas já me sequestraram *-* Na postagem de hoje irei "falar" sobre uma série que ganhou meu coração de primeira: Sense8 <3

Direção: Lilly Wachowski, Lana Wachowski e J. Michael Straczynski.
Temporadas: 1
Episódios : 12
Duração: 50 minutos
Lançamento: 5 de junho de 2015 (Brasil)
Gênero: ficção científica / drama
Classificação: + 18 anos
Sinopse: Um disparo. Uma morte. Um instante no tempo em que oito mentes em quatro continentes são interligadas para sempre. Oito pessoas que viram suas vidas, segredos, dons e ameaças compartilhadas entre si. Pessoas comuns, unidas pelo destino e caçadas por um inimigo misterioso.

À primeira vista Sense8 não pareceu muito interessante aos meus olhos, e devo ressaltar não saber exatamente o motivo disso. Porém, algo no fundo da minha mente gritava para que eu desse uma chance à série e revolvi dá ouvidos a essa voz. Maratonei a série em janeiro desse ano. Resultado, fiquei perplexa pensando: “Porque eu não assisti a série antes? É FANTÁSTICA <3” Ao meu ver, ultimamente tudo que estou julgando antes de ver acaba me surpreendendo e se tornando algo favorito e precioso para mim.

Confesso que escrever sobre Sense8 está sendo uma tarefa bastante complicada, pois não encontro palavras que definam todos os sentimentos que a série transmitiu para mim (e para a maioria que assistiu, posso apostar) enquanto via cada cena, cada momento. Sério, é difícil achar um erro sequer em toda essa magnífica produção.
Sense8 foi criada pelos maravilhosos Lilly WachowskiLana Wachowski e J. Michael Straczynski, possui 12 episódios agrupados em 1 temporada e é Original da Netflix. A série estreou em 5 de junho de 2015 e já possui a 2ª temporada prevista para estrear no segundo semestre de 2016.

Sense8 narra a história de oito pessoas completamente diferentes, que são de países diferentes e não possuem nada em comum. Isso olhando pelo lado de características da personalidade e gostos, pois eles tem mais em comum do que imaginam. Os 8 são os chamados sensates (sensitivos, no português), que de repente (fato que existe um motivo, mas não quero dar spoilers) começam a compartilhar um cérebro coletivo (ou quase isso). Basicamente, eles compartilham sensações, pensamentos e experiências uns dos outros. Como já diz o bordão da série “I am We” (eu sou nós), 8 pessoas compartilhando em dupla, ou os 8 de vez às vezes, o mesmo cérebro e habilidades um dos outros.
Inicialmente, conhecemos uma mulher que está em perigo. Nada fica claro e diversas perguntas começam a rondar nossas mentes. Quem é ela? Por que está com problemas? O que está acontecendo? A falta de respostas imediatas deixa tudo mais intrigante, te levando ao próximo episódio com certa curiosidade e a naturalidade.

As peças do quebra-cabeça começam a se juntar quando passamos a conhecer nossos oito protagonistas. São eles Riley (Tuppence Middleton), uma DJ islandesa que mora em Londres;Will (Brian J. Smith), um policial de Chicago; Sun (Doona Bae), filha de um executivo de Seul que também é secretamente uma lutadora de kickboxing; Wolfgang (Max Riemelt), que possui uma família da máfia poderosa e perigosa, além de ser um ladrão de cofres de Berlim; Kala (Tina Desai), uma farmacêutica de Mumbai; Lito (Miguel Ángel Silvestre), um ator mexicano que esconde um segredo; Capheus (Aml Ameen), um motorista de van de Nairóbi; e Nomi (Jamie Clayton), uma hacker transexual de São Francisco.
Apesar da confusão inicial algumas peças vão se encaixando ao mesmo tempo em que outras vão ficando cada vez mais complexas, mas não se perdendo em momento algum.
Cada um dos sensitivos, inseridos em diferentes contextos, apresenta também dificuldades como aceitação da família, tradições culturais, sobrevivência num ambiente hostil, dificuldades das mais diversas. São inúmeros detalhes que acabam se encaixando para formar uma bela imagem.
Vamos conhecer um pouco de cada personagem.
Capheus “Van Damme” (Aml Ameen)

Um motorista de uma van em Nairobi, Quênia, apelidada de Van Damme. Sempre lutando para conseguir mais clientes com uma concorrência acirrada, Capheus se descobre um sensate enquanto luta desesperadamente para ganhar dinheiro para comprar remédios para sua mãe, que sofre de AIDS. Sua habilidade de dirigir acabam sendo útil não apenas para ele, mas também para os demais sensates.
Kala Dandekar (Tina Desai)

Uma farmacêutica e devota Hindu que vive em Mumbai, Índia. Ela tem uma fé inabalável em Ganesha e se descobre uma sensate enquanto enfrenta um dilema pessoal: está noiva de um homem que sua família aprova e que a ama de todo coração, mas seu amor não é correspondido por Kala. Kala conhece a química como ninguém e sua habilidade acaba sendo útil não apenas para ela, mas também para os demais sensates.
Lito Rodriguez (Miguel Ángel Silvestre)

Um ator que vive na Cidade do México, México. Cobiçado pelas mulheres, Lito desfila com as maiores gatas e, para a mídia, ele está flertando com sua colega de cena, Daniela Velasquez (Eréndira Ibarra), mas nem ela nem eles imaginam que o coração de Lito pertence a Hernando (Alfonso Herrera). Lito se descobre um sensate enquanto luta para esconder namorado a medida que sua vida pública começa a interferir em sua vida privada. Como um grande ator que é, sua habilidade de fazer as pessoas acreditarem em suas atuações acabam sendo útil não apenas para ele, mas também para os demais sensates.
Nomi Marks (Jamie Clayton)

Uma mulher trans que mora em São Francisco, Estados Unidos, com a namorada Amanita (Freema Agyeman). Apesar de ter encontrado sua alma-gêmea e ser uma ativista pelo direito da comunidade LGBT, ela se descobre uma sensate enquanto sofre com a não aceitação de sua família, que ainda insiste em enxergá-la como Michael e a trata como uma doente. Nomi é hacker sua habilidade de quebrar códigos e invadir sistemas acaba sendo útil não apenas para ela, mas também para os demais sensates.
Riley Blue (Tuppence Middleton)

Uma DJ islandêsa que mora em Londres, Inglaterra. Fora da cabine, ela é introvertida e tenta esquecer um passado conturbado que a fez fugir de sua casa no passado. Adepta de drogas como meio de “fugir de sua realidade”, ela se descobre uma sensate enquanto luta para fugir de mais uma situação que a faz reviver seu passado. Antes que possa perceber, o perigo começa a cercá-la e ela precisa aprender a confiar em pessoas que nem mesmo conhece.
Sun Bak (Doona Bae)

Filha de um poderoso empresário Seul, Coréia do Sul, além de vice-presidente e diretora financeira da empresa. Sun se descobre uma sensate enquanto precisa tomar uma difícil decisão para salvar a sua família de um escândalo e a companhia de seu pai da falência. Entretanto, Sun também é uma exímia lutadora de kickboxing e essa habilidade acaba sendo útil não apenas para ela, mas também para os demais sensates.
Will Gorski (Brian J. Smith)

Um policial de Chicago, Estados Unidos, que ainda é assombrado por um assassinato não solucionado de sua infância. Sua entrada para a polícia após uma infância delinquente pode ter o ajudado a se aproximar de seu pai, mas parece tentar afastá-lo de fazer o melhor pelas pessoas. Will se descobre um sensate enquanto tenta se firmar como policial, mas acaba sendo uma pedra em seu sapato ter “visões” de um crime que ele não pode comprovar. Seu senso de justiça acaba sendo útil não apenas para ele, mas também para os demais sensates.
Wolfgang Bogdanow (Max Riemelt)

Teve uma infância difícil e agora, adulto, é um serralheiro e arrombador profissional em Berlin, Alemanha. Ele se descobre um sensate enquanto tenta junto de seu melhor amigo e parceiro, Felix Bernner (Max Mauff) bolar um golpe que não só os colocará em evidência e o dinheiro necessário para que vivam bem, mas também lhe trará o respeito de sua família, onde há uma competição com seu primo. Wolfgang é expert em armas, briga e em arrombar lugares e essa habilidade acaba sendo útil não apenas para ele, mas também para os demais sensates.
Sussurros (Terrence Mann)

Um sensate que se voltou contra sua própria espécie, determinado a lobotomizar ou eliminar todos os sensates do planeta. A partir do momento em que faz contato visual com um sensate, ele pode sentir, conversar e ouvir tudo o que esta pessoa faz e por isso ele se torna extremamente perigoso. Essa habilidade faz com que Angelica (Daryl Hannah) decida se suicidar para proteger seus “filhos” sensates.
Jonas Maliki (Naveen Andrews)

Um sensate que luta para proteger o conjunto de oito sensates filhos de Angelica (Daryl Hannah), sua namorada. O que ele não imagina é que essa missão acabará sendo mais difícil quando ele começa a ser caçado não apenas pelo inimigo Sussurros (Terrence Mann), mas também pelo policial Will Gorski (Brian J. Smith), um dos sensates a quem ele tenta proteger.
Angelica “Angel” Turing (Daryl Hannaha)

Uma sensate de um cluster antigo, mantém um relacionamento com Jonas Maliki (Naveen Andrews), mas acaba sendo enganada por Sussurros (Terrence Mann). Em uma tentativa desesperada de salvar seus “filhos”, oito novos sensates após ativar sua conexão psíquica com eles, ela se mata para evitar que eles sejam descobertos por Susurros.


Não posso esquecer de falar sobre Amanita (namorada de Nomi) e Hernando (namorado de Lito). Eles são personagens fantásticos e mostraram tamanho respeito e amor por seus parceiros. Ficaram sempre ao lado deles. Isso é de encher os olhos.

Sense8 está longe de ser uma série simplória. A estória é complexa, ousada, diferenciada, e cheia de minuciosidades e pode agradar diversos públicos diferentes.
Cada diálogo explicativo cabe perfeitamente em seu momento, assim como as histórias de origem de cada um dos protagonistas. Os 12 episódios são preenchidos de forma a não deixar nenhum buraco. Tudo faz sentido dentro daquele contexto.
Os melhores momentos da série são sempre aqueles que os sensitivos “entram” nas mentes um dos outros para ajudar em alguma situação perigosa ou só para conversarem e terem um momento só deles.

Mas o maior triunfo da série é, de longe, a forma como são retratadas todas as culturas que aborda. Indiana, americana LGBT, alemã, coreana, latina, africana… Não há estereótipos, não há clichês, não há exageros. Tudo é normal dentro do seu contexto e serve seu propósito dentro do grupo de sensitivos. Os sensitivos não possuem preconceitos entre si e é maravilhoso ver a conexão mesmo sendo tão diferentes.
A série possui momentos emocionantes e mensagens para levar para sempre. Apesar de ter esse lado “sobrenatural”, não deixa de ser real e igual às situações em que a sociedade vive atualmente. Isso é visível na atuação dos personagens. É muito vivo. As dores, as emoções… Você sente junto a eles. Quando o Capheus bebe chá pela primeira vez, quando o Wolfgang vai até a Índia… São coisas simples, mas que fazem diferença e isso é visível.
Os cenários são impecáveis. Entre belas cidades e paisagens incríveis, podemos viajar e conhecer o mundo pelos olhos da série. Sense8 mostra diversos lugares do planeta: Alemanha, Coreia do Sul, México, Estados Unidos, Índia, Quênia, Islândia e Inglaterra. E o mais interessante é que as cenas se passam em locais reais, com o elenco principal viajando para todas as locações pelas quais a série passa. É de se admirar até pelo sotaque de cada um deles. Dá para sentir de onde eles são.

Apesar de envolver drogas, violência, drama e uma série de outros conflitos, Sense8 também tem seus momentos de humor para dar uma aliviava na tensão. Mas é tudo muito intenso.  Agora você pode soltar uma risada com uma sacada de um personagem, mas dez minutos depois pode estar roendo as unhas com outra cena. O fato dos sensates sentirem as emoções uns dos outros faz com que os sentimentos e memórias compartilhados se misturem e levem você junto nessa viagem.
Em suma, Sense8 é uma série incrível. Vale muito a pena assistir e mergulhar nas estórias, dramas, cenários e lições. Uma das minhas séries favoritas ❤ Ainda sinto que este post está insuficiente, mas ficarei por aqui. Vejam!

18 Comentários

  1. Oi, Nath! Tudo bem? Ahhhh eu amo Sense8! Simples assim. É uma série que foi me conquistando aos poucos e que quando percebi já era uma das minhas favoritas! <3 Já estou ansioso para segunda temporada! ^^

    Abraço

    https://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Tony!
      Sense8 é muito vida mesmo <3 Quando a gente mal nota já se tornou amorzinho mesmo. A estória é maravilhosa! Também estou super ansiosa haha
      Beijos

      Excluir
  2. Nath, eu comecei a assistir essa série, mas não gostei :/. Depois desse seu post vou tentar dar mais uma chance, quem sabe né?

    Beijos

    http://meninasnaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lili!
      Uma pena não ter curtido :/ Mas espero que dê mesmo uma chance um dia! Que bom haha
      Beijos

      Excluir
  3. Olha só, tem atores de Lost hehehehehe. Cara eu preciso assistir essa série, olho pra ela Netflix, ela olha pra mim e me dá preguiça, pois é.
    Mas eu imagino que a série seja super foda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Helana!
      Não tenha preguiça, corra para ver hahaha É maravilhosa e vale muito a pena :)
      Beijos

      Excluir
  4. Olá!
    Eu sou simplesmente apaixonada por Sense8. A série traz uma temática totalmente diferente e envolve questões ótimas como o a transexualidade, a homossexualidade e etc. e é um lição contra o preconceito enorme. As barreiras que essa série quebra é simplesmente magnífico.
    Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Carolina!
      Exatamente *-* A série envolve muitas questões e dá um tapa na cara da sociedade.
      Beijos

      Excluir
  5. Ouvi muito sobre a série já, mas comecei a assistir esses dias e me deu preguiça. haha Achei um pouco violenta também. Continua com tiros e tals? (Sim, vi só uns 20 minutos). Teu post me deixou curiosa pra ver o que acontece... Vou tentar dar mais uma chance antes da estreia da 2a temporada.

    Bjs, Cass | www.livroseoutrascoisas.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Cássia!
      Ah isso você pode revelar! Não tem muito não haha Espero que dê uma nova chance ;-)
      Beijos

      Excluir
  6. Olá Nathalia, de tantos que meus amigos falaram dessa série me despertou a curiosidade. Mas não tenho mais netflix, por motivos óbvios do vicio dos meus filhos em casa, mas assim que surgir uma oportunidade quero ler. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Dani!
      A série é mesmo maravilhosa :D Entendo... Espero que veja!
      Beijos

      Excluir
  7. Riley e Wolfgang são os amores das minha vida! ❤

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Lara!
      Essa série é maravilhosa <3 Wolfgang é muito vida <3
      Beijos

      Excluir
  8. Nath, uma amiga me indicou essa série só por causa da música do 4non Blond ahuah, que ela sabia que eu amava. Fui assistir e ameiiii achei ótima, de longe minha preferida é a Riley!
    Beijos, Bru - www.naoemprestolivros.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Bru!
      Essa música é muito amor mesmo <3 Ahhh fico feliz que tenha gostado! Riley <3
      Beijos

      Excluir
  9. Bem peculiar... com certeza vai para minha lista.
    Já assisti muitas indicações suas, sempre maravilhosas.

    Abraços,

    Pedrim
    http://pedrimoliveira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Pedro!
      Siimmmm :D É maravilhosa! Espero que goste <3 Awwwnnnn fico feliz, amore!
      Beijos

      Excluir